Welsh Terrier

Welsh Terrier

Características da Raça

Saúde saúde 1 pt(s)saúde 2 pt(s)saúde 3 pt(s)saúde 4 pt(s)saúde 5 pt(s)
Adaptabilidade adaptabilidade 1 pt(s)adaptabilidade 2 pt(s)adaptabilidade 3 pt(s)adaptabilidade 4 pt(s)adaptabilidade 5 pt(s)
Temperamento temperamento, docilidade 1 pt(s)temperamento, docilidade 2 pt(s)temperamento, docilidade 3 pt(s)temperamento, docilidade 4 pt(s)temperamento, docilidade 5 pt(s)
Inteligência inteligência 1 pt(s)inteligência 2 pt(s)inteligência 3 pt(s)inteligência 4 pt(s)inteligência 5 pt(s)
Necessidade de Exercício necessidade de exercício 1 pt(s)necessidade de exercício 2 pt(s)necessidade de exercício 3 pt(s)necessidade de exercício 4 pt(s)necessidade de exercício 5 pt(s)

História

Apesar da origem do Welsh Terrier não ser bem clara, ele está em pinturas e registros escritos que datam do século 18, na Grã-Bretanha e pode ter sido um dos primeiros Terriers. Retratado na literatura antiga tanto como descendente do Terrier inglês preto-e-canela quanto do Terrier Inglês, pode-se ter certeza que era uma raça famosa e muito utilizada por fazendeiros como caçadores e exterminadores de pragas, além de excelente cão de guarda. No início da Era Industrial também foram bons aliados dos mineradores de carvão. Foram trazidos para os Estados Unidos da América por volta de 1900 e ganharam popularidade, se espalhando também pelo resto do mundo, se consagrando tanto em competições quando cão de companhia.

Temperamento

O Welsh Terrier é um cão alegre e naturalmente cheio de energia, está sempre disposto a brincar. Também é bastante inteligente e leal à sua família. É conhecido também por ter um temperamento forte, mas carinhoso e brincalhão, se dando bem com crianças e outros cães. Apesar de ser um dos mais tranqüilos dos Terriers, por ser muito energético, seu adestramento pode ser difícil se não feito corretamente e desde cedo. É importante que ele tenha espaço para queimar toda essa energia e seja sempre estimulado e disciplinado.

Saúde

Apesar de seu porte médio, é um cão com muito vigor e força física. São conhecidos por terem boa saúde mas como qualquer cão, podem ter alguns problemas então é importante ficar atento. Os mais comuns são alergias de pele ou respiratórias. Se seu cão estiver se coçando muito, fique atento e busque um veterinário. Alergias não tem cura mas podem ser facilmente controladas. Casos de epilepsia também são registrados na raça Welsh. Essa condição neurológica, apesar de séria e assustadora de assistir, pode ser controlada e tratada com o acompanhamento médico através da prescrição de remédios específicos. Muitos cães vivem longas e saudáveis vidas mesmo sofrendo dessa condição. Glaucoma e hipotireoidismo são outras condições que podem afligir o Welsh Terrier, mas que também são tratáveis e controláveis.

Comentários

Ring